Plano de Intervenção Formativa

O plano de Intervenção Formativa é parte integrante do Plano de Atividades das empresas, e o resultado dos projetos a desenvolver em concordância com a estratégia apresentada pelas mesmas.

Este plano tem como principais objetivos o desenvolvimento do potencial humano face às necessidades do mercado de trabalho, através da preparação e qualificação de profissionais com excelentes competências.

Todos os planos de intervenção formativa devem conter os seguintes elementos:

  • Caracterização da Empresa;
  • Estratégia, objetivos e metas;
  • Projetos a desenvolver;
  • Plano de ações e melhorias;
  • Indicadores de desempenho e acompanhamento da atividade formativa;
  • Parcerias;
  • Conclusões finais.

Como construir um Plano de Formação?

O plano de ações formativa deve ser feito com bastante antecedência e revisto anualmente. Deverá dividir-se nas seguintes etapas:

  • Identificação das necessidades – É realizada um documento com todas as informações relativas às necessidades de formação. Estas podem incluir:
  1. Melhoria de desempenho dos departamentos;
  2. Mudanças na hierárquica;
  3. Evolução da carreira;
  4. Evolução das qualificações;
  5. Entre outros.
  • Descrição das ações de formação – Nesta fase serão introduzidos dados gerais no documento tais como, os objetivos específicos de cada ação, os temas a desenvolver, o número previsto de formandos e a duração da ação formativa.
  • Duração da Formação profissional – Por vezes a gestão equilibrada do tempo destinado à formação, é um grande desafio para as empresas. É necessário fazer uma previsão do tempo de duração de cada ação formativa. É nesta fase que se faz esse planeamento e posteriormente, poderá ser discutido com os formandos e formadores os melhores horários.
  • Orçamentos – Nesta etapa são definidos os custos relativos à remuneração dos formadores, aluguer das instalações para a formação, custos de deslocação e da própria ação formativa.
  • Pesquisa de mercado – Nesta fase é feita uma análise de mercado para encontrar possíveis sugestões de empresas que desenvolvam formação profissional. Procure empresas certificadas pela DGERT (Direção-Geral do Emprego e das Relações do Trabalho), como é o caso da MWL- Formação e Consultoria, Lda. Isto porque, são empresas com credibilidade no mercado no que respeita à formação profissional.
  • Implementação e controlo – Nesta última etapa são elaborados os ajustes necessários ao plano, e acordadas as datas referentes às ações. Seguidamente faz-se a divulgação das mesmas, datas previstas e outros detalhes necessários.
Modelo Plano de Formação da MWL-Formação e Consultoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *