Perigos e Riscos das Poeiras Combustíveis

A proteção contra explosões reveste-se de particular importância no âmbito da segurança, visto que as explosões põem em risco a vida dos(as) trabalhadores(as) devido aos efeitos incontrolados das chamas e das pressões, bem como em virtude da presença de produtos de reação nocivos e do consumo do oxigénio do ar, tornando-o irrespirável pelos(as) trabalhadores(as). Felizmente, as explosões e os acidentes provocados por incêndios não são as causas mais frequentes de acidentes de trabalho, embora tenham consequências profundas e dramáticas em termos de perdas de vidas humanas e de custos económicos.

O que é uma atmosfera explosiva?

É uma mistura com o ar, em condições atmosféricas, de substâncias inflamáveis, sob a forma de gases, vapores, névoas ou poeiras, na qual, após a ignição, a combustão se propague a toda a mistura não queimada.

O que são as poeiras combustíveis?

As poeiras combustíveis são partículas sólidas finas que poderão apresentar determinado perigo de fogo ou explosão quando em contacto com o ar. Cerca de 70% das poeiras tratadas na indústria são consideradas como sendo poeiras combustíveis.

Poeiras de matérias sólidas inflamáveis: carvão, madeira, cortiça, alimentos para consumo humano, ou animal (açúcar, farinha ou cereais, leite em pó, café, por exemplo), matérias plásticas, tintas em pó, indústria farmacêutica, metais (alumínio, magnésio,…) ou substâncias químicas.

Para a ocorrência de um incêndio é necessária a presença de três elementos – o comburente, a energia de ativação e o combustível – como se verifica no triângulo do fogo.

No entanto, quando abordamos o tema das poeiras explosivas temos de destacar mais dois elementos – o confinamento e a dispersão – e assim, surge o pentágono da poeira explosiva.

Quando se elimina um destes elementos é afastada a possibilidade de ocorrer uma explosão, no entanto, o risco de incêndio continua presente.

A poeira combustível misturada com o ar, na presença de uma fonte de ignição, pode provocar explosões, como já referido anteriormente. Se a mistura for inflamada, a partir da primeira explosão, outras explosões secundárias irão surgir, devido ao movimento do material em forma de pó, que formará novas nuvens de poeira suspensas na atmosfera. Ou seja, são várias explosões em série com intensidade suficiente para destruir máquinas ou até mesmo instalações, ver vídeo.

Por esta razão, para que se possa estabelecer uma estratégia coerente de prevenção de explosões, torna-se necessário adotar medidas técnicas, organizacionais e de proteção individual no local de trabalho.

Quais os riscos das poeiras explosivas?

Para definir os riscos que poderão estar associados a determinada poeira, é necessário ser feito um teste de mitigação de explosões de poeira.

Todas as substâncias perigosas representam, em todos os setores um risco potencial para a segurança e saúde dos trabalhadores. O seu efeito traduz-se em doenças profissionais conhecidas como a asma, dermatites, cancro, danos em fetos ou futuras gerações e uma variedade de outros efeitos negativos na saúde e bem-estar dos trabalhadores. O ponto de partida da prevenção é efetuar um diagnóstico real do local de trabalho.

Como evitar explosões de poeira?

  • Treinar todos os trabalhadores para estarem prevenidos relativamente a como podem ocorrer estas explosões, bem como, os locais onde é mais provável esta ocorrência;
  • Definir um programa de limpeza com frequência;
  • Utilizar sistemas de recolha de pó adequados;
  • Utilizar apenas aspiradores de recolha de pó;
  • Inspecionar regularmente os resíduos de pó em áreas ocultas.
  • Os trabalhadores disponham de vestuário de trabalho adequado, constituído por materiais que não originem descargas electrostáticas susceptíveis de inflamar atmosferas explosivas.

O que fazer para diminuir as fontes de ignição?

  • Monitoramento de perigos nas possíveis fontes de ignição;
  • Equipamentos elétricos de terra ou de ligação;
  • Remoção de chamas abertas;
  • Desenvolver um sistema de autorização de trabalho quente para determinadas atividades;

A MWL ajuda:                                                    

A MWL pretende incentivar/ajudar todos(as) os(as) responsáveis em matéria de segurança e saúde, a aplicarem a Diretiva ATEX de forma responsável e rigorosa, a fim de evitar ou, pelo menos, reduzir ao mínimo os riscos derivados de atmosferas explosivas e permitindo que a entidade empregadora dê resposta ao requisito legal D.L. 230/2003, de 30 de setembro e proporcione um ambiente de trabalho seguro e saudável. 

  1. Promovemos os Cursos: Diretiva ATEX  e Atmosferas ATEX, com a duração de 4h a 8h, a serem realizado nas instalações do(a) cliente e mediante a sua disponibilidade;
  2. Elaboramos/atualizamos o Manual de Proteção contra Explosões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *