Formação Tradicional VS E-Learning

Nos dias que correm, uma formação eficiente e adequada é uma prioridade. As necessidades de formação profissional estão em constante evolução, em virtude da necessária atualização de conhecimentos.

Ao obter novos conhecimentos, técnicas e fazer uma melhor preparação para as funções diárias que desempenham, nos seus locais de trabalho, os(as) Trabalhadores(as) irão desenvolver mais competências quer a nível profissional, quer a nível pessoal.

Mais importante que qualquer forma de ensino, seja ela tradicional ou de E-Learning, é importante haver uma consciencialização de que a implementação da aprendizagem ao longo da vida, é a chave para o sucesso dos(as) Trabalhadores(as) e das próprias empresas.

A Formação tradicional/presencial está inserida no contexto de sala de formação onde o(a) Formador(a) e o(a) Formando(a) desenvolvem relações presenciais, no mesmo espaço físico.

  • O(A) Formador(a) e o(a) Formando(a) encontram-se ao mesmo tempo, em sala de formação;
  • O(A) Formador(a) é responsável por transmitir conhecimentos e o(a) Formando(a) tem um papel mais passivo;
  • A gestão do tempo e programa de conteúdos é definida pelo(a) Formador(a);
  • São utilizados materiais tecnológicos para a transmissão dos conhecimentos, mas também técnicas de comunicação verbais e não verbais.

Na formação tradicional, os(as) Formadores(as) conseguem analisar e observar melhor as situações que se passam em contexto de sala de aula. Através de uma observação aos(às) Formandos(as) conseguem, maior parte das vezes, perceber quem tem dúvidas, quem está mais atento, mais cansado, entre outros aspetos relevantes. Esta observação pode ser muito vantajosa, no sentido de que, o(a) Formador(a) consegue perceber melhor as necessidades de cada Formando(a), e alinhar melhor a estratégia para dar continuidade ao curso de formação.

A formação E-Learning

Com a evolução da forma como se adquire conhecimentos e o aparecimento de novas ferramentas e meios tecnológicos, o E-Learning é um método de ensino cada vez mais recorrente, por parte dos(as) profissionais de trabalho e todas as pessoas que pretendem incrementar a aprendizagem para as suas vidas.

O E-Learning funciona através de plataformas onde são inseridos cursos online, onde os(as) Formandos(as), através de meios digitais podem aceder a diversos programas e conteúdos. É importante salientar que, por mais vantajoso que seja o E-Learning, nunca eliminará a existência de Formadores(as) e formações presenciais.

A quem se destina a formação em E-Learning?

  • Pessoas com pouca disponibilidade em termos de horários fixos;
  • Pessoas que se encontram longe dos locais de formação;
  • Pessoas que pretendem desenvolver habilidades e competências de trabalho online;
  • Pessoas que preferem aprender ao seu próprio ritmo.

Qual a opinião geral dos(as) Formandos(as) relativamente ao E-Learning?

A opinião dos(as) Formandos(as) é um dos mais importantes indicadores a ter em consideração na avaliação do sucesso deste método de formação.

Deve ser analisado:

  • As relações estabelecidas com o(a) Formador(a);
  • A metodologia da formação;
  • Os conteúdos de aprendizagem;
  • Interação com a plataforma de ensino.

Vários(as) Formadores(as) e Formandos(as) não são grandes apologistas da formação em E-Learning, devido à ausência de contacto cara-a-cara, afirmando que essa ausência acaba por gerar várias lacunas na formação, sobretudo em termos do esclarecimento de dúvidas existentes.

Por outro lado, os(as) defensores(as) do E-Learning alegam que a ausência deste contacto, pode ser compensada através de chats, de fóruns e das redes sociais, o que acaba por possibilitar também a partilha de conhecimentos e troca de ideias com outras pessoas interessadas, além de colegas e do(a) Formador(a).

Vantagens e Desvantagens da Formação Presencial vs. E-Learning

Formação Presencial  
VANTAGENS DESVANTAGENS
-Conhecimento transmitido unidimensionalmente (via Formador(a));
-Maior interação com o(a) Formador(a) e colegas; -Maior confiança com o(a) Formador(a) e restantes colegas; -Feedback imediato.  
-Formando(a) tem um papel mais passivo na aprendizagem; -Horários menos flexíveis; -Não conseguem abranger um número muito grande de formandos(as) em sala.

 
E-Learning  
VANTAGENS DESVANTAGENS
-Ritmo de aprendizagem é definido pelo(a) Formando(a); -Maior flexibilidade de horários; -Conteúdos sempre disponíveis e atualizados; -Custos mais baixos; -Consegue alcançar um público maior e mais variado; -Permite o desenvolvimento de capacidade de auto aprendizagem. 
-Problemas técnicos/ligação à Internet; -Dificuldades de adaptação às ferramentas; -Necessária uma motivação extra; -Formando(a) é responsável por fazer a gestão de tempo; -Problemas a nível da relação Formador(a)/Formando(a); -Elaboração de conteúdos é mais demorada .

E o B-Learning?

O B-Learning ou Blended Learning, trata-se de método que junta as duas práticas, tanto o E- Learning como alguns elementos da formação presencial. A formação ocorre parcialmente através de uma plataforma, mas também integra aulas presenciais em sala de formação.

Desta forma é possível ultrapassar uma das maiores limitações, apresentadas por Formadores(as) e Formandos(as), que é a ausência de contacto cara-a-cara entre ambos. A visão do B-Learning não é oferecer um programa de educação com a abordagem online e offline, mas sim, uma solução que se adapte à rotina de qualquer Formando(a).

Todos os métodos apresentam vantagens e desvantagens. Cada pessoa tem de analisar e enquadrar o método que melhor se aplica ao seu estilo de vida. O importante a retirar, é que existem inúmeras formas de incrementarmos as aprendizagens, e desenvolvermos as nossas habilidades e competências. Na MWL pretendemos que a aprendizagem seja sempre feita com emoção e alegria.

“Once you stop Learning, you start dying.” – Albert Einstein

Por Mayra Romão e Sara Abreu, 28 de Março 2019

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *