À conversa com a empreendedora Mayra Romão

Quem é a empreendedora Mayra Romão?

Mayra Romão, 39 anos, natural de Venezuela, Coordenadora de Segurança em Obra, Técnica Superior de Segurança no Trabalho, Formadora, Gestora da MWL – Formação e Consultoria e o papel mais desafiante mãe da Margarida.

Nasci na Venezuela, e vim para Portugal com 3 anos, estudei até ao 12º ano, em Soure, vila perto de Coimbra, ingressei na universidade e tirei o curso de Química Industrial, fiz Erasmus em Clermont Ferrant, onde continuei o trabalho de estágio na área da Fotoquímica e Espectroscopia Molecular, com o estudo da fotodegradação de herbicidas através de  fotossensibilização e fotocatálise. Realizei o estágio profissional num laboratório de análises químicas de uma fábrica de rações. Entretanto tirei o CAP de Formadora, o CAP de Técnica Superior de Segurança no Trabalho, comecei a desenvolver a atividade como Formadora para várias entidades formadoras. Em 2009, foi-me dada a oportunidade de Coordenar cursos de formação financiada, um projeto piloto em Portugal, para jovens e adultos com autismo, na APPDA Coimbra, no âmbito da Medida 6.2 – Qualificação de Pessoas com Deficiência e Incapacidade, do POPH. Foi uma experiência muito enriquecedora, que decorreu até 2013. Em 2013, tomo a decisão de sair da APPDA Coimbra e vou viver para Oeiras com o meu companheiro.

Como começou esta experiência de ser empreendedora?

Em 2013, decidi deixar o certo e abraçar o incerto, despedi-me, mudei de cidade, posicionei-me como profissional no mercado competitivo como é o de Lisboa e percebi que há muito espaço para fazer prosperar as empresas em Portugal, a começar pela Formação Profissional. Em junho de 2015, tomei a decisão, alinhada com a minha paixão pela área da Formação Profissional e Segurança e Saúde no Trabalho, e fundei a MWL-Formação e Consultoria. O M de Mayra, o L de Luís e o W que nos une nos negócios e na vida. Na MWL contribuímos para a melhoria das qualificações e incrementamos as aprendizagens ao longo da vida, dos(as) trabalhadores(as), assegurando a qualidade do investimento em formação com impacto na competitividade das empresas.

E quais os maiores desafios até ao momento?

O maior desafio de todos é a sustentabilidade da MWL – Formação e Consultoria, independentemente do valor faturado, mensalmente temos de pagar os impostos à Segurança Social e à Autoridade Tributária. Os outros desafios são diários uma vez que fazemos propostas personalizadas para as empresas é necessário conseguirmos responder às necessidades das empresas e criar necessidades, e que estas propostas sejam adjudicadas e pagas.

Por vezes é difícil gerir o nosso tempo quando temos tantas tarefas diárias por fazer. Como é gerir uma vida pessoal sendo empreendedora?

É o maior desafio de todos, uma vez que a mente e as responsabilidades de uma empreendedora não param, mas ainda assim, tem de haver momentos de muita qualidade com a família e garantir que os laços e o amor são reforçados continuamente.

Que conselhos/Dicas para futuras mulheres empreendedoras que pretendam iniciar o seu novo projeto profissional?

Estudar bem o plano de negócio, alinhá-lo com o teu propósito de vida, e pensar na sua sustentabilidade. A outra dica muito importante, deixar o medo para trás e avançar com todo o teu conhecimento, alegria, amor, força de vontade e resiliência. Há sempre momentos de muitas dúvidas, quem não os tem? Mas se estamos alinhadas com o nosso propósito e atentas ao que se passa à nossa volta, conseguimos perceber como responder aos desafios que surgem diariamente. “The universe has your back.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *